18 novembro 2011

E assim me confesso!


Faço-me de forte, olho (ou faço que olho, não sei bem) para outros caminhos, outras alternativas, porque este caminho em que estou já não é o meu e procuro um outro para mudar de direcção (quem sabe até de sentido!!).

Faço-me de forte, mas a verdade é que estou perdida (mas ninguém precisa saber).

Sem comentários:

Enviar um comentário