15 novembro 2011

Ser livre


Muitas vezes sinto-me como as árvores, cheias de raízes a prenderam-me ao chão. Não gosto dessa sensação...

Tenho de voltar a ganhar asas... depressa.

Sem comentários:

Enviar um comentário