31 janeiro 2012

Minha BB


Obrigada por ontem...

30 janeiro 2012

Macarons


Ouvi falar muito deles, vi vários eposódeos do MasterChef Austrália onde os fizeram e fiquei a pensar como deviam ser deliciosos!

No outro dia ofereceram-me um e... pfff... esfumou-se no ar a minha ilusão, não eram nada do que eu imaginava.

Às vezes mais vale continuar a sonhar...

No fim do fim de semana


27 janeiro 2012



Gostava de poder escrever (desenhar) a minha própria história...

Alguém me diz?


Sigo por uma estrada, há já muito tempo, que eu sei que não tem saída. O que eu não sei é porque é que continuo a seguir nela!

Não seria normal, que nós sabendo que a rua não tem saída voltat para trás mal nos apercebemos? Eu não, ando sempre como se o caminho de fosse abrir por milagre. Ou isso ou acredito que consigo atravessar paredes em qualquer parte do caminho...

David Bisbal


Tive um presente hoje... ainda nem saiu cá!
De luto.

Um bocadinho bom da minha infância morreu hoje.

26 janeiro 2012

Apetece-me gritar "SALVEM-ME", só não sei do quê e nem sei a quem... mas que me apetece, apetece :(

Dias da treta


Por cá o dia está cinzento hoje, cinzento e chuvoso e chato e a mim só me dá vontade de me encostar num sofá e dormir.

Por falar em dormir, o elefante está a dormir e o ratito também. Não há nada que pareça animar-me hoje...

25 janeiro 2012

Surpresa


Achei que ia chumbar a Espanhol porque o teste correu mesmo mal... sai a nota - 15.5!

Isto sim é uma boa surpresa!

Afinal... deixa ver no que dá!


Tenho um elefante a morar dentro do meu coração há uns dois anos. Ele é enorme e não deixa muito espaço para outras coisas. Já lhe dei vários avisos de despejo, já fiz várias tentativas para o pôr de lá para fora e não há meio de ele deixar o espaço livre.

O pior é que ele diz que não quer lá morar mas também não deixa que ninguém vá para lá... o de sempre!

Acho que desde há uns tempinhos para cá entrou para lá um ratinho que me anda a roer qualquer coisa cá dentro. Será que é verdade que os elefantes têm medo de ratinhos?

Uma coisa é certa, o elefante já se queixou por ter lá um novo inquilino :)

Sou só eu?


Acontece-vos não se sentirem a fazer parte de coisa nenhuma?

Eu sinto muitas vezes que não faço parte de nada, nem de um grupo de amigos, nem da turma da faculdade, nem sequer da família. Muitas vezes sinto que estou sozinha no mundo...

24 janeiro 2012

Eterno descontentamento

Continuo a debater-me com o aspecto do meu blog...

Juízo precisa-se... ou sei lá o que mais...

O QUE EU DEVIA FAZER!
Ficas aí que só me dás trabalho...


O QUE EU ESTUPIDAMENTE FAÇO!
Estar lá até te passar...

Aliviar-te o "nó"...

Eu tenho o trabalhinho todo descansa...

Ainda há um pedaço inteiro, pisa um bocadinho mais...

Para verdadeiros apreciadores de chá


Depois de jantar a Marina gosta sempre de fazer chá, ontem surpreendeu-me com esta caixa apinhadinha de chás bem organizados e tão variados... fiquei colada à caixa para grande espanto dela.
Acho que tenho a mania da organização, só pode, porque esta caixinha fez as minhas delicias!

Se eu soubesse tinha trazido uma igual de Moscovo grrrrrr!!!!

3 semestres depois


é que me lembro que existe este cantinho lá na faculdade!
Ando mesmo a dormir...

Hoje foi o último (oficial)!


Agora que venham as tais melhorias (sem pressão)...
"Sou o tipo de pessoa que não guardo mágoa, mas também não sofro de amnesia!"
Não suporto barulho, ruídos que fundos, aquela simples gota de água que pinga a tempo certinho uma atrás da outra, a lâmpada que está a tentar acender de facto há mais de não sei quanto tempo, o burburinho de fundo num qualquer espetáculo... e agora percebo também que o silêncio total me rói a cabeça da mesma forma.
Pisa-me, mas quando eu me levantar... CORRE!

História de amor / vida...

23 janeiro 2012

Da estranheza que é não ter nada que fazer



Hoje sinto uma calma estranha. Não há aulas, e embora amanhã haja exame de inglês, só o facto de não ter de ir para as aulas ou ir estudar ou... seja lá o que for deixa-me em estado zen.

Daqui vou calmamente jantar a casa de uma amiga e ficar na conversa um bocadinho.

Já nem me lembrava como era ter vida social!

Desigual


Não sou muito de andar de saia, não sou nada até. Mas hoje apeteceu-me e vesti uma das duas da desigual que tenho (que achei lindas) e eu própria me sinto bonita hoje.

Tenho de experimentar mais vezes...

22 janeiro 2012

Vidinha da treta

Estou a precisar de alguma coisa que me faça ferver o sangue e mexer com os meus neurónios!

Como para já nada me faz aquecer sequer o sangue, vou para melhorias na faculdade (quando poderia era aproveitar as férias), ao menos assim tenho com que me entreter...

A estupidez vence

Eu, que podia estar a esta hoje a andar pela Foz e a fazer o exercicio que tanto preciso estou onde? Aqui na cama... depois admiro-me que parece um cachalote!

19 janeiro 2012

Minha estupidez vs minha sorte!

Hoje - teste de Matemática!

O dia ontem foi muito mau, dois teste e uma apresentação, qualquer outro dia já me parece fácil.

Sentei-me, teste à frente e toca a mexer. Bloqueei logo na segunda. O professor (um santo eu diria), deu aquele empurrãozinho que sempre me desbloqueia e me envergonha. Se eu sei porque não faço??

Fiz o teste "demasiádo rápido" -  pensei eu. Revi, vou entregar e o professor enquanto todos acabam começa em amena cavaqueira comigo!

Por esta altura já tenho pressa. Faltam uns 5 minutos para a próxima aula onde tenho defender oralmente o meu trabalho. Vou indo...

Não... professor deixe-me ter a certeza que fiz tudo (eu sou assim que fazer!!!).

NÃO, NÃO FIZ TUDO! Não diz "apenas" o Grupo 2 que vale "apenas" 7 valores!

Pânico? Pavor, medo? Nenhum, tenho agora a noção que nem tive tempo para isso... tenho 5 questões para fazer em 3 minutos. Simplificar ao máximo as expressões à minha frente.

Só vou dizer que fiz tudo num piscar de olhos (e acho que fiz bem, em breve vos direi), fiz... FIZ!!!

Entreguei e ainda havia gente a fazer o teste.

Depois da nota vos digo qualquer coisa, mas percebi que sou muito mais capaz do que imagino. Num segundo em que nem consegui pensar, e nem ficar nervosa fui (quase) perfeita. Estou orgulhosa de mim. Ainda por cima quando o último dos exercicios era daqueles lixados e eu soube fazê-lo!

Se calhar sou mais do que imagino...

18 janeiro 2012

Passei por cá só para não dizer que não passei!

Acho que estou a estudar lógica a mais para o teste, esta frase saiu um nó!!

16 janeiro 2012

Mimo



Hoje ofereceram-me estas duas coisinhas fofas (o gatos preseguem-me!!!) :)
Ainda tive o prazer de pintar eu mesma a carinha do pequenino ao meu gosto...

Alguém tem uma moeda de € favorita?


Irónicamente a minha é a grega! Se calhar porque tem a imagem de uma outra moeda lá dentro...

fim-de semana


Palavras para quê?

14 janeiro 2012

Perdas


Ontem faleceu uma pessoa da minha família (uma tia - não lhe era muito chegada). Soube no mesmo dia que a minha prima (filha dessa minha tia), e não há outra maneira de o dizer, vai falecer muito em breve também!

Não sei como lidar e nunca tive de estar com alguém que sei que vai morrer em breve e tem consciência disso, muito menos alguém de quem gostamos.

Parece que levamos uma chapada da vida a dizer-nos "VIVE, APROVEITA!".

Obrigada!


O teu mail hoje veio dar-me aquele ànimo que eu precisava para aguentar esta semana que vai ser tão dificil.
Ainda que não haja boas notícias, só o facto de saber que estás aí, apesar do silêncio (também meu), é essencial.
Mando resposta em breve!

13 janeiro 2012

Mesmo nos dias escuros como os de hoje.


Todas as pessoas são feitas de luz e escuridão. Eu sei que sou mais luz...

Azar? Parece que sim!


Nunca tive problemas com a Sexta-feira 13, e esta parecia ser mais uma, mas na verdade sinto o peso do mundo nas minhas coats hoje.

Doi-me o corpo, as aulas estão a matar-me e cada segundo tem de ser dividido para estudar para as 5 frequências da próxima semana mais a 3 apresentações orais para fazer e 2 trabalho para entregar (tudo numa semana só).

Hoje faleceu uma tia, não lhe era muito chegada, mas é a mãe da minha prima doente... a quem os médicos já disseram que não há nada a fazer em relação à doença.

Hoje estou moída, fisica e psicologicamente.


12 janeiro 2012

Até se respira melhor


Hoje pude levantar-me um bocadinho mais tarde (e sem gente a dar-me pressão). Pude tomar banho mais descansada, pude sair com calma, pude vir devagar e a ouvir música mais alto.

Hoje as coisas parecem-me menos complicadas.

Não há dúvidas do que me faz começar logo mal os dias...

11 janeiro 2012

Num mundo só meu

Eu gostava muito de pegar naquele punhado de pessoas realmente boas que existem na minha vida (e destas só aquelas que não transformam a minha vida num ió ió sentimental) e ir viver para outro planeta.

Há sempre a hipótese de eu ir viver para lá sozinha...

No ponto de ruptura

Eu, tal como (alguns de vós) me conhecem estou a sumir-me, a desaparecer, a extinguir-me.
Não aguento mais ser assim, não aguento mais a sensação de estar lá em baixo quando trato o mundo nas palminhas... EU NÃO MEREÇO!

Há um murro a ser construido à minha volta... espero muito honestamente de num futuro bem próximo, sintão falta do que eu já fui capaz de ser.

10 janeiro 2012

Hoje é dia de contabilidade!

Até amanhã :(

09 janeiro 2012

Está tudo OK.

08 janeiro 2012

Amanhã é um dia importante! Céu ou inferno...

Grrrrrr...


Hoje e ao contário dos últimos dias, está um lindo dia de sol lá fora, e precisamente hoje tenho de estudar a pior das cadeiras.

Porquê????

Ganhar


Gosto de ganhar, de ser eu quem chega à frente. Sou muito competitiva e percebi-o na faculdade.
No entanto também percebi que sou justa, gosto de ganhar sim, mas ganhar com mérito.

Gosto de sair da linha de partida ao mesmo tiro, de jogar com a mesmas cartas, de sair com a mesma informação, isso para mim é que é ganhar. Estares no mesmo pé de igualdade de alguém e chegares tu à frente, ou estares em desvantagem, nunca seres aquele que sabe e engana para ter vantagem, que coloca obstaculos no caminho para os outros caírem.

Não faço corridas com pessoas de uma só perna!

Se perder, perco bem, porque dei o meu melhor honestamente.

07 janeiro 2012

Desasossegos


Sinto-me embrutecer, perder a esperança nas pessoas, perder a vontade de me importar, sinto-me perder qualquer coisa em mim que sempre achei que era o que me tornava fraca e afinal era o que me distinguia dos outros.
Chego a pensar que era ingénuamente boa pessoa.

Achava que ia poder ser sempre assim e ser feliz na mesma. Parece que terei de abdicar de uma das duas coisas.

06 janeiro 2012

Cada vez +

Saudades de












ti que estás aí! :(