01 fevereiro 2012

Formigueiro de gente


Ás vezes (muitas vezes) acho que estou sozinha e outras vezes (poucas) noto que afinal há tanta vida à minha volta, tantas hipóteses, tanta gente com quem posso sair, contactar, fazer qualquer coisa e eu é que nem me apercebo!

Sem comentários:

Enviar um comentário