29 junho 2012

Desenho do dia

Fins de tarde


Ontem foi dia de caminhada novamente. 12 km, 2,5 horas.
Melhor só mesmo o batido de morangos que fiz quando cheguei a casa...

28 junho 2012

Momento sublime


Acabei de beber um café (ristretto) com 2 quadradinhos de chocolate negro.
Eu não sei se o chocolate faz milagres, mas senti-me nas nuvens por uns segundos!

Desenho do dia

Solução

27 junho 2012

Desenho do dia

Original

Agora sem as aulas...

é aqui que eu passo e pretendo passar grande parte dos meus fins de tarde.
Ontem foi assim:




















26 junho 2012

Desenho do dia

25 junho 2012

"Desenho" do dia

Johnny Depp


"Se você ama duas pessoas ao mesmo tempo, escolha a segunda. Porque se você realmente amou a primeira, você não iria amar outra. Há quatro perguntas de valor na vida: O que é sagrado? Do que o espírito é feito? Para o que vale a pena viver? E para o que vale a pena morrer? A resposta a cada uma delas é a mesma: só o amor."

Johnny Depp

22 junho 2012

Desenho do dia

21 junho 2012

Eugénio de Andrade

Adeus
Já gastámos as palavras pela rua, meu amor, 
e o que nos ficou não chega 
para afastar o frio de quatro paredes. 
Gastámos tudo menos o silêncio. 
Gastámos os olhos com o sal das lágrimas, 
gastámos as mãos à força de as apertarmos, 
gastámos o relógio e as pedras das esquinas 
em esperas inúteis. 

Meto as mãos nas algibeiras 
e não encontro nada. 
Antigamente tínhamos tanto para dar um ao outro! 
Era como se todas as coisas fossem minhas: 
quanto mais te dava mais tinha para te dar. 

Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes! 
E eu acreditava! 
Acreditava, 
porque ao teu lado 
todas as coisas eram possíveis. 
Mas isso era no tempo dos segredos, 
no tempo em que o teu corpo era um aquário, 
no tempo em que os teus olhos 
eram peixes verdes. 
Hoje são apenas os teus olhos. 
É pouco, mas é verdade, 
uns olhos como todos os outros. 

Já gastámos as palavras. 
Quando agora digo: meu amor... 
já não se passa absolutamente nada. 

E, no entanto, antes das palavras gastas, 
tenho a certeza 
de que todas as coisas estremeciam 
só de murmurar o teu nome 
no silêncio do meu coração. 

Não temos nada que dar. 
Dentro de ti 
Não há nada que me peça água. 
O passado é inútil como um trapo. 
E já te disse: as palavras estão gastas. 

Adeus

Verdade verdadinha!

Desenho do dia

20 junho 2012

Desenho do dia

19 junho 2012

Desenho do dia

18 junho 2012

Mau início de semana

Fiz teste de matemática hoje... nunca nenhum me correu tão mal nestes dois anos.

Mas isso não é nada perto aa notícia que tive pela manhã. Faleceu um colega meu de trabalho. Despistou-se e bateu num outro carro onde seguiam e que também faleceram um jovem com 35 anos e o filho, um menino de 6 anos.

Uma tragédia sem limites... :(

Afinal não sou assim tão comum



Para entrar na faculdade tive de "passar" em 3 provas: 1 exame, uma entrevista e o meu curriculum ser avaliado.

A entrevistas foi festa (isto há dois anos atrás) por 3 professoras, dos quais dois viriam a ser meus professores depois.

Na sexta-feira, a qur foi minha professora de Teorias da Comunicação revelou-me que numa conversa com a turma (este ano voltou a ser professora da minha turma em Linguistica, mas eu como tenho matemática apanhei outro professor), diz que de todos os alunos a quem fez a entrevista nesse dia (e foram muitos) que só se lembra de 3... e eu sou uma delas!

Diz que se lembra muito bem do meu comportamente, que eu parecia muito alerta de tudo à minha volta e que na altura não percebeu se eu estava sempre à defesa ou ao ataque. E que veio mesmo a confirmar-se que eu sou uma pessoa sempre muito atente de tudo o que se passa à minha volta.

Fiquei contente por se lembrar de mim, não sou daquelas pessoas que se vê uma vez e cai em esquecimento afinal.

Desenho do dia

15 junho 2012

Maldição

Hoje tenho teste de russo, e só para verem a minha aflição, tenho de fazer uma composição em Russo, e nem em Português ela me sai!!!

Para a V.



Hoje precisava de ficar horas sentada contigo, na praia ou na esplanada... ou melhor ainda, a caminhar como foi há 15 anos (?) atrás em Benidorm e falar, falar, falar.

Acho que hoje só tu podias acudir à minha angústia ou pelo menos descobrir de onde é que ela vem.


Sim, por favor...

Ai a minha vida...

Não gosto quando alguém tem a capacidade de me deixar em desasossego, quando alguém tem a capacidade de fazer mudar o meu humor, o meu dia num estalar de dedos... não gosto nada!

Desenho do dia

14 junho 2012

Cortometraje "te he mentido"


"Cometí ese error que comete todo el mundo, de creer que eras quien yo quería que fueras, de sin conocerte, decirte que eras la mujer de mi vida, de pensar que eras mi una entre un millón, porque eran más mis ganas de encontrarte que las de estar contigo. Pero no has sido tú la única engañada, yo también me creí que eras para siempre, que serías mi antes y mi después, lo que siempre había soñado. Sé que me volverá a pasar, me volveré a mentir, volverá a parecerme todo increíble."

Desenho do dia

Londres - dia 3