18 junho 2012

Afinal não sou assim tão comum



Para entrar na faculdade tive de "passar" em 3 provas: 1 exame, uma entrevista e o meu curriculum ser avaliado.

A entrevistas foi festa (isto há dois anos atrás) por 3 professoras, dos quais dois viriam a ser meus professores depois.

Na sexta-feira, a qur foi minha professora de Teorias da Comunicação revelou-me que numa conversa com a turma (este ano voltou a ser professora da minha turma em Linguistica, mas eu como tenho matemática apanhei outro professor), diz que de todos os alunos a quem fez a entrevista nesse dia (e foram muitos) que só se lembra de 3... e eu sou uma delas!

Diz que se lembra muito bem do meu comportamente, que eu parecia muito alerta de tudo à minha volta e que na altura não percebeu se eu estava sempre à defesa ou ao ataque. E que veio mesmo a confirmar-se que eu sou uma pessoa sempre muito atente de tudo o que se passa à minha volta.

Fiquei contente por se lembrar de mim, não sou daquelas pessoas que se vê uma vez e cai em esquecimento afinal.

Sem comentários:

Enviar um comentário