26 julho 2012

Sem ar

Hoje não sei o que tenho, sinto-me literalmente sem ar, até me custa respirar. Parece que tudo cá dentro está apertado.

Preciso de uma mão para me segurar. Bastava uma!

1 comentário:

  1. Sempre que precisares de uma mão para te segurar, podes pedir, seja a que horas for. Eu sei o que é viver apertada de ar e sufocada e ajudo no que for mau feitio *

    ResponderEliminar