04 setembro 2012

Das coisas simples da vida


Não preciso de muito para ficar feliz (contente vá - começo a não saber o que feliz quer dizer).
Semana passada uma amiga levou-me até à terrinha dos pais e a almoçar em casa deles. Almoçar numa casa no meio de dezenas e dezenas de árvores de fruto e quintal e campo, onde é só estender uma mão e poder comer da melhor fruta do mundo deixa-me sem dúvida contente.

Comidinha feita assim, simples, sem grandes salamaléques e sem garfos bonitos e toalhinhas bordadas e tudo cheio de etiqueca.

Acho que podia viver muito bem assim.

2 comentários:

  1. Susana Miranda04 setembro, 2012


    Sabe tão bem…exactamente sem “salamaleques”… colher a fruta directamente da árvore e deliciarmo-nos.

    Infelizmente, muitas pessoas não abdicam das mordomias…nem por um dia!

    Perdem a beleza da vida :)

    Beijinhos


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitas não o fazem para parecer bem, porque "salamaleques" é que é bem.

      Paciência, não sabem o que perdem ;)

      Eliminar